Estrada dos três rios, 1530 - sala 206, Freguesia
Rio de Janeiro/RJ — CEP: 20021-290
  • (21) 3502-6624
  • (21) 97547-9073
  • (21) 3215-3882
Estrada do Pau Ferro, 755, Blc 5 - 107, Freguesia
Rio de Janeiro/RJ - CEP: 22743-520

Mais do que prestação de serviços...

Uma parceria!

Programa Descomplica Trabalhista e eSocial simplificado são lançados no Palácio do Planalto

No dia 22 de outubro, foi lançado, em cerimônia nas dependências do Palácio do Planalto, um formulário simplificado para o eSocial, sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas

No dia 22 de outubro, foi lançado, em cerimônia nas dependências do Palácio do Planalto, um formulário simplificado para o eSocial, sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas

A convite do ministro da Economia, Paulo Guedes, a Fenacon participou do evento, que contou com a presença de várias autoridades, incluindo o presidente da República, Jair Bolsonaro.

As novidades no formulário simplificam o preenchimento de informações e eliminam campos desnecessários, segundo o Ministério da Economia.

Importante destacar que a modernização do eSocial é uma bandeira defendida pela Fenacon, que, inclusive, contribuiu com demandas prioritárias que sugerem a simplificação e racionalização das obrigações acessórias para melhorar o ambiente de negócios no Brasil.

Programa Descomplica Trabalhista

O programa Descomplica Trabalhista, que irá revisar 2 mil normas trabalhistas nas próximas duas semanas, também foi anunciado durante o evento. “É preciso tirar o Estado do cangote da população. Alguém que tem seis vaquinhas e está tirando leite precisava de um contador para preencher um formulário com duas mil perguntas. É um absurdo. E se não fizesse dessa forma ainda recebia multa”, ressaltou Paulo Guedes que revogou 48 portarias na oportunidade.

O secretário Especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou que o governo está entregando normas mais racionais, sem prejuízos para o trabalhador e para o empresário. “Nós teremos o fim de muitas obrigações sem fundamentação alguma, muitas prestações de informações duplicadas”, disse.

Simplicidade

Bianco reforçou que ficaram apenas as informações que ainda são essenciais e ressaltou que o empresário brasileiro vai ter muito mais simplicidade. “Teremos o fim de obrigações sem nenhuma fundamentação legal. Pequenos empresários passarão a resolver seus problemas pessoalmente, sem nenhum tipo de necessidade de outro custo que inviabilizaria o seu negócio, o que resulta na redução significativa de seus custos e na melhoria do ambiente de negócio”, afirmou.

Para o secretário de Trabalho, Bruno Dalcolmo, essa evolução não seria possível sem as contribuições da Fenacon e de toda a classe contábil. O gerente-geral da Federação, Josué Tobias, participou do evento representando o presidente da instituição, Sérgio Approbato.